Make your own free website on Tripod.com
a arte de fumar


Primeira página

Iniciantes

Tópicos avançados
      
Marcas diferentes
       Formas de acender
       Formas de tragar
       Formas de soprar
       Como bater as cinzas
       Truques e técnicas
       Charutos
       Narguilé
       Acessórios

Fumante: estilo de vida

Saúde

Tópicos adultos

Contato
Formas de acender


        Acender um cigarro parece ser uma coisa simples, mas há alguns detalhes a considerar. Primeiro, o objeto acendedor a usar; segundo, o ato em si.

    Qualquer isqueiro decente deve funcionar mesmo numa leve brisa, e não ser apagado pela ponta do cigarro ou pela sua própria respiração saindo pelo nariz. Isqueiros Zippo e a gás são bons nisso. Os Zippo são essencialmente masculinos e funcionam com um fluido que tem um característico cheiro, parecido com querosene. Têm a desvantagem de serem caros e precisarem de recargas freqüentes. Às vezes, por desgaste do pavio, páram de funcionar direito. Outro bom modelo, e que combina bem com mulheres, são os chamados isqueiros eletrônicos, ou laser. Abastecidos com gás butano, eles produzem uma chama invisível, mas intensa e muito resistente ao vento. Você nota que ele acendeu porque o orifício de saída do gás fica incandescente. Por fim, existem também os isqueiros tipo maçarico, que produzem uma intensa chama azul ou verde, fininha e em alta pressão, que podem dar um interessante efeito visual -- mas têm a desvantagem de consumir muito gás. Você deve escolher um modelo que combina com o seu jeito -- e, acredite, um isqueiro estiloso sempre chama a atenção.

    Acender é quase a coisa mais importante em fumar (a principal é a tragada). Então, você deve dominar a técnica de acender um cigarro em qualquer situação. Se você mesmo está acendendo, use uma mão para tirar o cigarro da boca e outra para pôr o isqueiro de volta onde estava. Se alguém oferece fogo para você (muito comum para mulheres), é melhor deixar uma mão segurando o cigarro, para tirá-lo dos lábios logo depois de uma rápida tragada e agradecer rapidamente.


Acendedores de carro

    Acender um cigarro no carro é uma coisa automática para muitos fumantes. Dirigir ou ficar como passageiro pode ser um momento calmo e relaxante para quem fuma. Você pode acender usando o isqueiro, mas com isso você poderá acabar esquecendo-o dentro do veículo. Há a opção de usar o próprio acendedor de cigarros que equipa quase todos os modelos decentes (alguns modelos populares não têm). A dica principal, como já foi falado, é não enterrar o cigarro no elemento quente do acendedor (a resistência elétrica que se aquece). Basta chegar perto. Isso vai evitar sujeira no acendedor e deixá-lo funcionando bem por mais tempo.


Fósforos

    Fósforos não têm cheiro muito agradável e interferem no sabor do cigarro, mas em determinadas situações podem ser uma forma sexy de acender. O cigarro fica preso somente pelos lábios enquanto você acende o fósforo (o que exige as duas mãos), e de certa forma o fósforo fica parecendo que é fogo saindo da ponta dos dedos!

    Tome o cuidado de não tragar a primeira fumaça, porque ela tem gosto de enxofre. Especialmente para a mulher, existe a opção de usar essa fumaça para apagar o fósforo, em vez de chacoalhar o palito no ar, como a moça do lado está fazendo -- dá um charme todo especial.


Velas
    Para algumas pessoas pode parecer sexy uma mulher acender o cigarro numa vela da mesa de jantar, por exemplo -- não só pelo ato em si, mas também por você se reclinar sobre a mesa suavemente para alcançar a chama.


Acender com outro cigarro

    Muitas vezes, principalmente se você fuma ocasionalmente ou vive esquecendo seu isqueiro, você terá a necessidade de acender um cigarro usando outro -- você pede fogo a alguém e essa pessoa, em vez de lhe arranjar um isqueiro, oferece-lhe o próprio cigarro; ou você mesmo(a) já está quase acabando um cigarro e já quer acender outro.

    A brasa não é tão quente e por isso é preciso encostar mesmo a brasa do cigarro aceso na ponta do cigarro apagado. Isso exige movimento preciso, sem esbarrões, e suavidade para não pressionar demais um no outro - o cigarro novo pode se amassar e, no aceso, a brasa pode até se soltar. É preciso manter as pontas encostadas por algum tempo e tragar com força. Duas ou três tragadas seguidas durante o processo garantirão que o cigarro acenda correta e completamente.